Top 10 Universo Alternativo


Oi, amigos, como estão? Espero que estejam bem =)

Se eu fosse gastar tempo (e digitação) contando pra vcs o quanto eu enrolei pra fazer esse post, vcs ficariam com raiva, já que além de ser um tipo de post muito divertido de fazer, é um Top 10, ou seja, tem poucas chances de ser um post breve.

Mas aqui estou eu pra participar do projeto proposto pela Jaqueline do 4sphyxi4 lá no Universo Alternativo, onde a gente ia contar 10 coisas bacanas que aconteceram em 2016, ou 10 conquistas, sonhos, e esse tipo de coisa.

Vamo começar do jeito que deve, com a apresentação da própria:

"Olar lindezas do Universo Alternativo! ?

Aqui estou eu com a ideia de nos reunirmos durante este mês de Dezembro e elaborarmos uma postagem coletiva pensando sobre este ano de 2016. (Foi sofrido pra todo mundo, pelo que estou vendo, heuhe! Então, bora relembrar as coisas boas!).

O Top 10 é simples, basta escreverem em seus respectivos blogs, as 10 coisas mais marcantes de seu ano! Pode ser um livro, um filme, um passeio, uma experiência, uma viagem, uma cor... enfim, os critérios de escolha são livres e pessoais!"

E essa é a lista de sonhos/recordações que levarei de 2016!



Sim, o blog deu certo, mesmo sem ajuda de aparelhos Apple u.u

01 - Chegamos em Dezembro e eu posso dizer que meu blog deu certo!

É uma coisa que eu não imaginava ser possível lá quando comecei em Novembro de 2014 e escrevia de vez em nunca pra ninguém, mas dois anos e um mês depois, posso afirmar com (quase) toda a segurança que meu blog foi pra frente quando muita coisa na minha vida tava digna de uma música pro próximo disco da Lana Del Rey.

A aparência e a funcionalidade dele estão pelo menos 90% de acordo com o meu gosto, o engajamento apareceu, e eu tenho orgulho em dizer que a maior parte da comunicação (comentários, likes, etc.) vem das amizades que fiz nesse meio louco que é o dos blogs. Entre as gurias que passam por aqui com frequência estão aquelas que tem blogs maravilhosos que eu amo acompanhar, são talentosas e tratam muito bem seus leitores.

Eu nunca entro em nenhum tipo de negócio (ou relacionamento ou qualquer outro projeto) com 100% de confiança no meu sucesso, então qualquer elogio, comentário entusiasmado dizendo que curtiu o texto, que se sentiu ajudado e essas coisas que emocionam todo blogueiro, é muito mais do que eu espero toda vez que clico no botãozinho laranja do "Publicar" no editor. Pode ser que seja dramático a ideia de viver esperando a desgraça o fracasso pra se surpreender com o sucesso, mas tem funcionado pra mim até então.

Muito obrigada, leitores!


Desses aqui, só li os três do meio 
02 - Consegui cumprir minha Meta de Leitura!

Levando em consideração a vergonha que foi meu desempenho como leitora em 2015 (por razões que até hoje eu desconheço), ver que a meta que impus no começo do ano foi cumprida, mesmo tendo sido uma meta ridiculamente pequena, é uma coisa pra glorificar de pé, thank God!

Na verdade, já ultrapassei a quantidade de 40 livros da meta original, e atualmente estou lendo Emma, da Jane Austen, que era um dos únicos da autora que ainda não havia lido. O outro é Persuasão, e pretendo ler em breve. E uma coisa que me deixou muito contente foi ter lido alguns dos livros que mencionei no Top 7: A Garota que Perseguiu a Lua, Um Sonho de Três Noites e Jack, o Estripador em Nova York. Nem sei dizer qual gostei mais.

03 - Me mudei pra Jundiaí

No âmbito pessoal, a maior mudança que aconteceu esse ano foi eu ter vindo pra Jundiaí. Eu conheço a cidade desde que vim morar no interior, há uns quatro anos, e sempre gostei de caminhar pelas ruas do centro com meus fones de ouvido e aproveitando a invisibilidade que uma cidade média/grande te proporciona. Isso é uma coisa que vc jamais encontra numa cidade pequena, e é por isso que não importa o argumento que vc use (poluição, barulho, estresse, etc.), se eu tiver que escolher entre viver em cidade grande ou pequena, eu sempre vou escolher a primeira opção.


É, eu disse que me tornei ruiva, e não A ruiva

04 - Finalmente consegui ficar ruiva (!!!)

Ter cabelo vermelho é um sonho de infância que só consegui realizar em 2016, por motivos que desconheço. Meu cabelo é naturalmente castanho, e vcs que possuem essa cor que me perdoem, mas eu sempre detestei pq nunca achei que tivesse a ver comigo, diferente do vermelho, que é uma cor que chama atenção pela força e autenticidade, e facilita a vida de qualquer alternativo. O negócio é que mesmo tendo se popularizado, o cabelo vermelho sempre vai te identificar como alguém ~diferente, e isso facilitou muito minha vida quando não tava afim de me montar toda pra sair.

Mas depois de alguns meses com a cor, resolvi voltar pro preto, que também é outra cor que eu amo e que acredito combinar mais com meu tom de pele: eu sou morena clara, ou seja, só fico branca se não tomar sol de jeito nenhum, mas pra bronzear é questão de meia hora. De qualquer forma, o sonho se concretizou, e é isso que importa.

05 - Trouxe projetos novos pro blog

2015 foi um dos anos menos produtivos da minha vida, então acredito que tenha melhorado um pouquinho em 2016. Prova disso é que consegui trazer coisas novas pro blog, pois antes os únicos projetos que apareciam por aqui eram as TAGs e blogagens. Primeiro, veio o 5 h e a r t s, que segurou as pontas como um projeto visual e serviu pra divulgar o meu We Heart It, além de abrir mais espaço pra textos pessoais. Depois veio o Post Secreto e o E Se... do Blogs Up, a United Week, do United Blogs e o Digital Trash, que já tava sendo planejado há meses e por fim teve seu lugar.

Mesmo sendo a criatura preguiçosa que sou, eu amo projetos. Eles animam a gente a produzir conteúdo de um jeito mais insano que os posts normais, e é muito legal compartilhar opiniões sobre eles com os leitores e colegas bloggers. Nem todos esses projetos tiveram colaboração minha na criação lá nos grupos, e mesmo os que eu criei pro blog não são 100% originais: coisas parecidas já haviam sido feitas por outras pessoas. Mas participar de um projeto é uma alegria que não tem como explicar.




06 - Falando em projeto, tem também o canal

Pois é, eu falei do meu novo canal há um tempinho aqui, expliquei como funcionaria e tudo mais, mas não custa nada falar dele no Top 10. Primeiro de tudo, como eu não pretendo migrar de vez pro Youtube nem ganhar dinheiro com nada audiovisual, não é minha intenção fazer com que o canal cresça mais que o blog. Ele é como o lado audiovisual das poesias que vou publicar no A L L  M I N E, é um projeto do blog e não algo separado. Em Janeiro, sai o primeiro vídeo acompanhado de um post, e os únicos spoilers que posso passar por enquanto são radioatividade, cinza, Kraftwerk e claustrofobia. Tudo isso tá dentro do conceito que vou trabalhar na poesia e no vídeo, que na verdade já tá pronto e aguardando ser lançado.

2016 foi o ano em que tomei coragem pra dar chance pra redes sociais que sempre achei que não tinham nada a ver comigo, mas quando percebi que elas ofereciam oportunidades além do óbvio, perdi o "medo" de usá-las e agora elas são ferramentas indispensáveis pras minhas necessidades artísticas. E como em 2017 eu quero que o blog fique mais artístico do que nesse ano, acho que vou trabalhar com elas mais do que imaginei que fosse precisar.


Hi, Ed, it's been a long time

07 - Séries amadas, séries atrasadas

A vida de toda pessoa normal que assiste série é quase sempre um caos, e comigo não é diferente. Mas tô feliz em ter conseguido encontrar coisas legais pra ver em 2016. Recentemente voltei a ver Gotham, que não sei por qual motivo larguei ainda na primeira temporada, andei revendo meus episódios favoritos de Doctor Who e estou pra ver o especial de fim de ano pra entender o que não ficou claro naquele trailer bizarro, dei um tempo com OUAT, larguei de vez Arrow, tô enrolando pra continuar com Black Mirror, muito embora cada episódio seja UM TIRO e eu tenha entendido que minha visão do mundo nunca mais vai ser a mesma depois dela, tô pensando seriamente em rever Stranger Things pra enganar a ansiedade pra segunda temporada, encontrei uma série de época chamada The Moonstone, que tem uns toques de investigação e mistério, então possivelmente vou falar dela por aqui mais pra frente, talvez num post pessoal ou em algum dedicado somente a séries. 

08 - Meu nível de inglês melhorou \0/

It's not that good, I confess. Mas sim, durante esses últimos meses, percebi que consigo acompanhar razoavelmente bem entrevistas, filmes e séries sem depender tanto da legenda quanto antes, e isso é pra deixar qualquer um feliz, pq há muito tempo tenho contato com a língua inglesa e sempre me senti frustrada por não chegar ao nível de fluência que queria, já que minha maior dificuldade era acompanhar as coisas que ouvia (nunca tive problemas com leitura e escrita). A verdade é que eu ainda não cheguei lá, mas ter percebido uma melhora é uma notícia mais que boa, pois mostra que sim, a fluência é possível pra mim.


Levando em conta que também funciona com frutas e legumes, essa peculiaridade me parece cada vez mais interessante

09 - Fui ao cinema sozinha

É uma coisa boba, mas achei que valia a pena trazer pra cá: quando fui ver o filme da Miss Peregrine, não levei companhia nenhuma além da minha própria peculiaridade curiosidade. Confesso que o filme não valia todo o hype que fizeram em cima dele, mas foram duas horas bem agradáveis numa sala escura onde ninguém me conhecia, tendo como única tarefa prestar atenção na história.

Pq de vez em quando todo peculiar precisa dar uma de Etéreo e curtir um momento de invisibilidade.

10 - Descobri música nova!

Isso, é claro, eu não poderia deixar passar! Eu sei que não fiz tantos posts sobre música como costumava fazer, e quero corrigir isso em 2017, mas sim, eu andei descobrindo música nova e tô afim de falar com vcs sobre isso. Entre os artistas que tive o prazer de descobrir esse ano estão Scarlet Room, The Black Belles, Be Forest, Øfdream, Aurora, Ivy Levan, entre outros.

Se eu fosse falar detalhadamente de cada um deles, não ia sair daqui hoje, por isso vou me limitar a dizer que falei sobre alguns achados nesse post, e 
em Janeiro já quero trazer um post com bandas de vocais femininos, bem como continuar descobrindo música bacana.


E esse é o meu Top 10!

Espero que tenham gostado e me falem o que vcs incluiriam numa lista do tipo, seus altos e baixos desse 2016 que foi chamado de miserável até pelo George R. R. Martin, e se vc também tá no Universo Alternativo e participou do projeto, mande o link que eu quero ver! As participantes são:


Se esqueci de alguém, falem XD

Um beijo e até o próximo post ano que vem =)
 



Comentários

  1. Quanta coisa legal aconteceuuuuuuuuuu!!!!!
    Adorei sua retrospectiva, seu ano rendeu bastante! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade o meu ano foi tão miserável quanto o de todo mundo #somostodossofredores kkkkkkkkk Por isso demorei pra postar XD
      Um beijo!

      Excluir
  2. É tão bom se sentir realizado com o blog né? E saber que tem pessoas que amam o que fazemos não tem preço.
    Eu já tinha entrado na página de "Meta de Leitura" e me surpreendido. Parabéns!
    Eu fui ruiva durante quase 2 anos e foi um tempo bom, o vermelho é poderoso! Também fui pro preto em seguida e não deixo mais meu cabelo castanho, não me sinto feliz. Participei de poucos projetos, o que mais me envolvi foi o BEDA e o United Week, ambos renderam muito!
    Estou louca para melhorar meu inglês, eu deveria ter me esforçado mais pra ser fluente. Tá aí mais uma meta!
    Abraços

    De cara com a Juh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, sim, Juliana, é um motivo a mais pra dormir bem! haha A gente trabalhar bastante e ver as recompensas disso é uma coisa divina, eu acredito. Mas agora fiquei surpresa em saber que tu visitou a página da Meta X.X Mas obg!
      A cor vermelha pra mim é uma das mais bonitas, e claro, a mais poderosa, eu me sentia maravilhosa com ela, mas sabe, eu tenho um lado gótico a zelar então quando senti que devia voltar pro preto, não pensei duas vezes, mesmo tendo dado trabalho pra clarear os fios :P E na verdade nem foram tantos projetos assim, não participei nem da metade dos queria, mas pelo menos consegui alguns. Também só consigo pensar em melhorar mais e mais o meu inglês, mas não garanto que até o final do ano vou estar conversando com gringo, só que nunca se sabe, né? hahahaha
      Um beijo!!

      Excluir
  3. Oi, Deborah!
    Que bom ver que você conseguiu colocar suas metas em dia em 2016!
    Gosto muito de ler os projetinhos do seu blog (mesmo que algumas vezes eu não comente) e espero que você continue com eles em 2017!
    Feliz Ano Novo, beijão!

    www.vultuspersefone.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa, foram poucas metas e foi até difícil pensar no que colocar nesse post, mas essas poucas valeram a pena! Não precisa se preocupar em comentar cada um dos projetos, sempre que vc vem aqui e diz o que achou, é muito gratificante! E sim, em 2017 eles vão continuar e vai ter até mais! hahaha
      Tudo de bom pra tu! Um beijo!!

      Excluir
  4. Parabéns pelo blog.
    Eu estou começando Moonstone tbm,estou gostando é bem no estilo de filmes e seriados de época mesmo,mesma vibe e eu adoro rs
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma série muito linda, e como tem poucos eps dá pra concluir rapidinho! Tô amando os cenários e os figurinos!
      Muito obg pela visita, Gio!
      Um beijo!!

      Excluir
  5. Olá, Deborah! Acompanhar o desenvolvimento de uma criação nossa e descobrir o quanto podemos agradar outras pessoas com nossos interesses, é gratificante!

    Meus cabelos foram vermelhos por três anos. Minha maior alegria, até mesmo pelo trabalho em clarear os fios, porque meu tom natural é castanho escuro e não houve descoloração prévia. Assim como você, em um belo dia, acordei e migrei para o preto, com direito a Bettie Bangs. E ser fluente em inglês é uma das minhas metas nesse ano, também.

    Feliz 2017! ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Marcella, é muito gratificante! Faz a gente crescer como criador de conteúdo, como artista e como ser humano!
      Pra ficar com a cor vermelha, também passei pelo mesmo perrengue que vc pq não quis descolorir com medo de estragar os fios (já tenho progressiva, então achei melhor não haha), só que gostei do resultado!
      Conversar em inglês sem gaguejar e pedir ajuda pra intérprete é um sonho que necessito de realizar nesse ano também! Sorte pra nós, então!
      P. S.: Queria ver uma foto tua com o novo cabelo ^^
      Um beijo!

      Excluir
  6. Quanta coisa bacana! ^^
    Cabelo vermelho é o amor da minha vida.. haha
    Eu tô sempre mudando, mas no final das contas o vermelho tá sempre presente.
    Sobre ir no cinema sozinha é uma coisa que ainda preciso fazer na minha vida. E será esse ano. Como você disse, parece uma coisa boba, mas que na verdade significa muito, pelo menos na minha opinião. É quebrar totalmente as amarras da sociedade que te diz que você não pode fazer esse tipo de coisa sozinha. rs
    Que seu 2017 seja ainda mais repleto de coisas boas!
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cabelo vermelho é vida, mulher!! E o teu é super bacana pq quando vejo foto tua já lembro da Ashley do New Year's Day! hahaha Também gosto de mudança, mas sempre tem aquele tom pro qual a gente precisa voltar, né? No meu caso é o preto. Uma vez li um post sobre ir ao cinema sozinha e como já tava pensando nisso há um tempo, resolvi tentar, e é ótimo! Foi uma das melhores experiências do ano! Libertador! haha
      Tenha ótimos momentos em 2017 vc também!!
      Um beijo!

      Excluir
  7. Meninaaaa! Quantos projetos, quantas coisas! Ir ao cinema sozinha é mara! <3 Sempre vou aqui perto de casa (quando tenho tempo sobrando, heuhe!). E não entendi a parada da Apple, o que tem a ver?! Heuheuhe! Se blog só desse certo com Apple, eu tava lascada! Hauhauha! Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi tanto projeto que achei que não daria conta, e meio que não dei mesmo XD Só que esse ano quero trabalhar mais nisso! hahaha Aqui não tem cinema muito perto, só que posso pegar o ônibus do lado de casa, então tá tranquilo! Ah, e o negócio da Apple ofi só uma brincadeira, pq nunca acho foto bacana de computador, tablet e afins quando preciso delas aqui no blog, e essa daí foi a melhorzinha que apareceu quando pesquisei. Felizmente, ninguém depende de Apple pra fazer sucesso com blog hahahaha
      Um beijo!!

      Excluir
  8. Parabéns pela sua meta de leitura! Confesso que a minha não deu certo em 2016, mas cá estamos nós para tentar novamente haha
    Eu AMO cabelo vermelho, mas por enquanto fico com o preto mesmo, dá muito trabalho e eu sou mega preguiçosa com essas coisas :(
    Que você tenha um excelente 2017!

    Beijos
    Alternativa GG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois agora tem mais um ano inteiro pra tentar de novo hahaha Confesso que apesar de cumprida, achei meu desempenho meio fraquinho, viu! Mas vamo que vamo, e espero que vc consiga ler o dobro em 2017 ;) E sim, eu compartilho da sua preguiça, e esse foi um dos motivos pelos quais voltei pro preto, além do amor a essa cor, claro!
      Um beijo!!

      Excluir
  9. Já fui ao cinema sozinha uma vez e confesso que gostei bastante da experiência, mas prefiro mais ir acompanhada. haha E eu também estava pensando em reassistir Stranger Things só pra matar a saudade e a agonia que é esperar pela segunda temporada.


    Relíquias da Lara
    Tá rolando um sorteio no blog, vem participar: Sorteio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lara, eu também gosto de ir acompanhada, só que fazer diferente de vez em quando é bom, né? hahaha Como Stranger Things tem só 8 eps seria bem rápido pra recapitular, no entanto estou com a cabeça em outras séries, tipo Sherlock, DW :P Nunca tenho sorte com sorteio (opsss), mas agradeço pelo convite ;)
      Um beijo!!

      Excluir
  10. Que fofa, parabéns pelo blog e que ele continue crescendo moça! Nada melhor q uma boa leitura pra melhorar o ano né?!
    Nunca fui no cinema sozinha, mas deve ser interessante!
    Bjins e q esse ano mais coisas se realizem pra vc ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Antonielle! Muito obg pelo incentivo!
      Quando as coisas estão uma zona, não tem nada que se compare à leitura, realmente! Foi mais ou menos nessa linha que consegui concluir a meta de 2016, mas esperemo que nesse ano as coisas sejam diferentes haha Ir ao cinema sozinha é uma experiência única, te faz ser mais vc mesma!
      Que teu blog e os teus projetos cresçam também esse ano e nos próximos ;)
      Um beijo!

      Excluir
  11. Oi Deborah, tudo bem com vc?
    Também parei Gothan no meio da 1ª temp. mas até hj não animei a voltar, não si pq, tava achando bem legal a série huehuehue fiquei bem curiosa pra assistir ao vídeo que vc lançará, me pareceu bem legal! Já sou inscrita, vou ficar de olho pra ver qndo for ao ar!
    bjoo, e q vc tenha um ano incrível!!
    ps: saudades ser ruiva <3 quero ve seu cabelo *o*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nayara, tudo bem sim, e contigo?
      Tinha parado meio por preguiça, meio por outras razões que não sei explicar, só que voltei recentemente e quero ver tudo agora hahaha Mas volte a ver que tá muito legal, pelo menos a segunda temporada!
      O vídeo já saiu, e vc pode ver ele no post mais recente, junto com um dos meus poemas! E muito obg por se inscrever <3
      Ser ruiva é muito bom, mas é trabalhoso hahaha Quem sabe um dia não boto uma foto aqui com cabelo preto? :P
      Que vc tenha um ótimo ano, também!!
      Um beijo!

      Excluir

Postar um comentário

Essa é a box de comentários do A L L M I N E !

Allons-Y pra quem tem algo legal pra falar e não quer saber de disqus ou verificação de palavras! A box é do próprio Blogger, mas tá liberada pra todo mundo! Também, quem leu com atenção e tem alguma ressalva, elogio, experiência bacana pra contar e qualquer outra coisa que acrescente ao assunto do post ou tem alguma dúvida sobre o que foi falado, pois eu modero e respondo todos os comentários. Pra saber quando seu comentário foi aprovado, marque a opção “Notifique-me”!

Agora, Bye Bye Beautiful pra vc que só aparece pra jogar link e sair correndo, vem spamar, sai por aí carimbando “Amei!” e “Adorei!” mas não diz nada que acrescente ao post, é a (o) louca (o) do “Segui, segue de volta?” ou é troll e vem aqui ofender, vomitar preconceitos e perturbar os outros leitores com suas artes malignas. Volte para a sombra!

Leram essa semana