Resenha: Sherlock antes de Sherlock no livro de Andrew Lane




Oi, amigos, como estão? =)

Comecei a escrever essa mini resenha no quarto desejando que chovesse durante todo o carnaval hahaha

E como o domingo é indiscutivelmente o dia mais chato da semana, precisei fazer algo para torná-lo mais suportável, e decidi fazer dele o dia em que me dedicaria a escrever rascunhos pra posts, ler posts de outros blogs e fuçar a biblioteca de músicas do celular, pq tem muita coisa ali que adicionei e ainda não encontrei ocasião pra ouvir. Mas com essa mudança (do tipo “pq não pensei em fazer isso antes???”) em breve conseguirei fazer um novo post com achados musicais, coisa que já sentia falta pois é meu tipo de post preferido <3

Mas hj o assunto é literatura, e a resenha que trago é do livro Gelo Negro, o terceiro volume da coleção O Jovem Sherlock Holmes, do escritor inglês Andrew Lane.







Eu já tinha conseguido a coleção (em e-book) há um tempo, mas a deixei na infindável lista de espera, então, quando fiz a Meta de Leitura para 2016 decidi incluir um dos volumes.

Como o nome da coleção indica, os quatro livros que a compõem pretendem contar a história do grande detetive a partir de sua juventude, revelando os caminhos percorridos por ele até se tornar o Sherlock que conhecemos. O que por si só é um projeto ambicioso.

O livro que escolhi, Gelo Negro, começa com Sherlock aos 14 anos sob os cuidados de seu tutor, um americano grandalhão chamado Amyus Crowe. O Sr. Crowe é extremamente inteligente, e desde o começo ficamos sabendo que é com ele que Sherlock aprende a desvendar fatos através da dedução, método pelo qual se tornou famoso.

Em algum momento, os dois são chamados a Londres, onde o irmão mais velho de Sherlock, Mycroft, os espera num clube com uma regra que proíbe os frequentadores de conversar em suas dependências, com exceção de uma sala. É nessa sala que o Sr. Holmes recebe o irmão caçula e o americano, e onde a verdadeira história começa: Mycroft está segurando uma faca, e numa cadeira está o corpo de um homem com um golpe de lâmina.

Para a polícia, o caso é mais do que claro, embora a faca que Mycroft tinha em mãos estivesse limpa e ele não fosse capaz de se lembrar do que aconteceu. Mas Sherlock tem absoluta certeza de que seu irmão não é um assassino. No mesmo dia, também, eles ficam sabendo que um agente a serviço do irmão de Sherlock em Moscou foi sequestrado.

Acontece que a morte do homem desconhecido é apenas parte de uma emaranhada teia que por fim conduzirá os irmãos Holmes à Rússia para tentar encontrar uma solução e descobrir o que aconteceu ao agente de Mycroft, na companhia de pessoas um tanto quanto esquisitas.









É muito interessante ver um Sherlock ainda em desenvolvimento, aprendendo a lidar com o conflito mente vs. coração com (quase) tanta dificuldade quanto qualquer outra pessoa jovem (vide a aparentemente contraditória paixão pelo raciocínio herdada do tutor americano e o amor pela música que ganhou com o Sr. Stone, outro personagem muito interessante). Sempre achei difícil imaginar essa faceta no detetive, pq só havia lido mesmo o que Arthur Conan Doyle escreveu, mas gostei particularmente da descrição que Andrew Lane faz do afeto que ele tinha pelo irmão.

Como mencionei no post anterior, cada livro conta uma história diferente, de modo que vc pode lê-los na ordem que quiser sem que isso afete o entendimento da trama. São menos de 200 páginas, então é uma leitura rápida. A linguagem é simples e direta e as descrições dos lugares e das pessoas são claras mesmo sem ser detalhadas, o que faz com que vc nem pense em abandonar o livro no meio.

Enfim, se vc sempre quis saber como Sherlock era antes da fama, se passou pelos mesmos apertos que qualquer adolescente e já cometeu grandes erros de cálculo (ou de confiança), recomendo muito esse livro. Não falo sobre os outros da série pq ainda não os li, mas terei tempo pra isso se Deus quiser hahaha

Um beijo e até o próximo post! =)






Comentários

  1. Nossa eu também desejei chuva o carnaval todo kkk, eu assisto a serie que é muito boa, mas ainda não tinha visto os livros, agora só cresceu minha lista kkk
    Beijos.

    http://blogreverse.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabriela! Pelo menos o Carnaval já acabou kkkkkkk Eu tmb gosto muito da série e vi o primeiro filme com o Robert, mas já conhecia os livros! Recomendo muito! beijos!

      Excluir
  2. Fiquei com muita vontade de ler!!! Mesmo que eu sempre termino frustrada por nunca conseguir entender a cabeça desse homem, amo demais hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. só Sherlock entende o que se passa na cabeça de Sherlock hahahaha
      que bom que gostou!
      Beijos!

      Excluir

Postar um comentário

Essa é a box de comentários do A L L M I N E !

Allons-Y pra quem tem algo legal pra falar e não quer saber de disqus ou verificação de palavras! A box é do próprio Blogger, mas tá liberada pra todo mundo! Também, quem leu com atenção e tem alguma ressalva, elogio, experiência bacana pra contar e qualquer outra coisa que acrescente ao assunto do post ou tem alguma dúvida sobre o que foi falado, pois eu modero e respondo todos os comentários. Pra saber quando seu comentário foi aprovado, marque a opção “Notifique-me”!

Agora, Bye Bye Beautiful pra vc que só aparece pra jogar link e sair correndo, vem spamar, sai por aí carimbando “Amei!” e “Adorei!” mas não diz nada que acrescente ao post, é a (o) louca (o) do “Segui, segue de volta?” ou é troll e vem aqui ofender, vomitar preconceitos e perturbar os outros leitores com suas artes malignas. Volte para a sombra!

Leram essa semana