Moda: Soft grunge - parte 1



Oi, amigos, como estão? Espero que estejam bem =)

Uma das coisas que a gente mais vê quando procura fotos do Tumblr, Lookbook, Weheartit e afins são imagens taggeadas como indie, alternative, vintage, hipster, pale, soft grunge.

Soft grunge.

Nas primeiras vezes que eu me deparei com essa expressão, achei que fosse um revival dos anos 90 com cabelos coloridos e nada mais. Mas como vejo com frequência referências a isso, decidi pesquisar pra saber exatamente o que é esse soft grunge. E reunindo tudo o que encontrei, vou fazer um resumo, e nessa primeira parte, vou falar um pouco sobre como surgiu a tendência, características, estética e música.

Pelo que eu li, o soft grunge é uma tendência que surgiu no Tumblr por volta de 2010, mas que se popularizou entre usuários do LookBook. A estética ganhou até uma página na Wikipedia (em inglês). Em alguns lugares, li que as tendências pastel grunge e pastel goth são vertentes do soft. Sobre o primeiro eu não encontrei muita coisa, mas sobre o pastel goth, não vejo semelhança muito grande além dos cabelos claros e dos suéteres.



A estética é basicamente inspirada na subcultura grunge dos anos 90, com alguns acréscimos fora daí, como os cabelos em tons pastéis. Mas isso não quer dizer que os tons escuros também não sejam aceitáveis:










Roupa: Short jeans ou saia de cintura alta, camisas de bandas como Nirvana e Guns 'n' Roses, camisas de flanela, jaquetas jeans ou de couro, suéteres, vestidos leves/florais e calças destroyed e skinny (especialmente as de cintura média e alta) são peças básicas do estilo:




Créditos na imagem ^^








Acessórios: gorros e chapéus (aqueles floppy ou witchy) são muito usados, junto com óculos escuros de aros redondos (ou espelhados, pq não?)








Outra coisa interessante que vi nesse post (aliás o mais recente que achei sobre o assunto) são as camisas de grife ou esportivas como a Adidas e a Nike (que podem ou não ser originais) e as estampas holográficas (que eu pessoalmente não gosto, mas dão um toque diferenciado ao look). Outra coisa interessante que vem sendo acrescentado à trend são as estampas em grids (quadriculados). A moda oriental também é referência:













Coturnos (em especial Doc Martens e semelhantes), creepers e chunky sandals (que nada mais são do que sandálias de salto tratorado, aquelas com aparência "pesada") são os calçados preferidos, usados com skinny, meias escuras e/ou estampadas. O All Star também é bem comum:














Música: As referências visuais do soft grunge também podem partir de músicos que não façam parte do movimento da década de 1990. Esses são em especial artistas modernos considerados "alternativos" (apesar de terrem chegado ao mainstream), como Sky Ferreira, Lana del Rey, Azealia Banks, Marina and the Diamonds, entre outros. Até a Taylor Momsen do The Pretty Reckless já foi citada como referência.


É comum encontrar fotos desses artistas em páginas com temática "grunge" ou pale, ou cenas de clipes com legendas.




Dazed and Confused (créditos na imagem)






E além de tudo isso é comum ver frases de desenhos, como Os Simpsons e Daria:


"Noite grunge"


"Às vezes, me surpreende o quão estúpidas as pessoas podem ser"


E por enquanto é isso (não "só" pq eu sei que o post ficou quilométrico), mas espero que tenham gostado, no caso de quem ainda não conhecia o soft grunge, e também de quem já conhecia pela chance de saber um pouco mais sobre a tendência ^^

Na segunda parte falarei sobre os garotos, referências no LookBook, fotografia e críticas à tendência


Um beijo e até o próximo post! =)




Comentários

Leram essa semana